Arquivo da categoria: Eventos

Congressos, cursos, oficinas, encontros e demais eventos relacionados á área da saúde e da farmácia.

Campanha 5 de Maio

Padrão

A campanha pelo uso racional de medicamentos – Campanha 5 de Maio – é organizada anualmente pelos estudantes de Farmácia de todo o país. Tem como objetivo servir de alerta à população dos riscos associados com o uso indevido de medicamentos e da necessidade da presença do farmacêutico na farmácia. Este ano, tendo em vista as RDCs 44/10 e 20/11 que restringem o acesso aos antibióticos e a temática do Dia Mundial da Saúde de 2011, o DAFF trouxe a questão do uso correto de antimicrobianos como foco da campanha.

No dia 5 de Maio, mais de 40 estudantes da Faculdade de Farmácia da UFRGS foram ao pátio do Hospital de Clínicas de Porto Alegre conversar com a população. O evento foi considerado um sucesso por todos que ajudaram a construir o ato. Desta forma, gostaríamos de agradecer aos estudantes que se mobilizaram e mostraram a cara do futuro profissional farmacêutico, à população em geral que recebeu os estudantes de forma sempre atenciosa, e, em especial, a professora Irene Külkamp, cujo apoio foi fundamental para o êxito da campanha.

A seguir, algumas fotos do evento:

Anúncios

Dia Mundial da Saúde 2011

Padrão

Hoje, dia sete de abril, é comemorado o Dia Mundial da Saúde. A organização Mundial da Saúde (OMS) usa este dia para celebrar sua fundação e alertar sobre os principais problemas de saúde que podem atingir uma população. Esta iniciativa visa conscientizar as pessoas, sejam profissionais de saúde ou não, para que haja um encorajamento para a promoção de ações que estejam ligadas com a melhoria da qualidade de vida e bem-estar de todos.

A fim de fazer um trabalho preventivo e garantir a saúde das pessoas, informações sobre higiene, doenças, lixões, saneamento básico e até sobre campanhas de vacinação, precisam chegar à população.

A cada ano a OMS elege um tema para celebrar este dia. Neste ano será abordada a questão da resistência aos antimicrobianos. Hoje, devido à descoberta de medicamentos antimicrobianos potentes e eficazes para o tratamento de doenças infecciosas, a maioria de nós vive mais e com menos doenças. No entanto, estamos a ponto de perder este arsenal terapêutico precioso. O uso e o abuso dos antimicrobianos na medicina humana e animal, durante os últimos 70 anos, aumentou o número e os tipos de microrganismos resistentes a estes medicamentos, causando mortes, sofrimento e incapacidades, além do aumento do custo da atenção sanitária. Se não combatermos este fenômeno, muitas doenças infecciosas podem se tornar incontroláveis e os avanços realizados na área de saúde podem se perder.

Agora, será que você saberia responder o que é saúde? E mais, o que é doença? Segundo a OMS, ter saúde é garantir a condição de bem estar das pessoas, envolvendo os aspectos físicos, mentais e sociais das mesmas, em harmonia. No entanto, vivemos um período da história onde o risco e o receio de uma falência orgânica, de um contágio e de uma contaminação são uma constante. Sempre que nos referimos ao corpo, os discursos estão constantemente voltados para os perigos, ou seja, os testemunhos sobre doenças acabam tendo prioridade em relação aos sobre saúde. Portanto, conotar saúde como condição de estado de não-doença ou de ausência de doença, tem sido uma constante, o que revela a dificuldade que os próprios sujeitos encontram para a expressão do seu corpo sentido/pensado.

E você, o que tem feito para promover a sua saúde e a da comunidade? Como futuro profissional de saúde, você deve ter o compromisso com essa questão. E como farmacêutico, deve assumir a responsabilidade na promoção do uso racional de medicamentos.

 


Referências:
  1. Folder informativo OMS/OPAS/ANVISA. Disponível em http://www.who.int/world-health-day/2011. Acessado em 06/03/2011.
  2. CHAMÉ, S.J. Intervenção sanitária na saúde e doença: O avanço das discussões in CANESQUI, A.M. Ciências sociais e saúde para o ensino médico, São Paulo: Hucitec/Fapesp, 2000.

Tarso Genro ministra Aula Magna

Padrão

Na manhã desta quarta-feira, dia 6, o governador Tarso Genro abriu o calendário acadêmico da UFRGS com a Aula Magna “A Universidade e o Futuro da República”. Ao iniciar o ato, o reitor Carlos Alexandre Netto destacou que, embora desafiante, o tema da aula seria facilmente desenvolvido pelo atual governador do Rio Grande do Sul, já que ele se trata de um vigoroso intelectual. “A universidade é uma prioridade social. Ao formar cidadãos qualificados, ela contribui para uma sociedade mais justa”, disse o reitor, ao passar a palavra ao palestrante. Advogado especialista em causas trabalhistas, Tarso Genro centrou sua fala nos conceitos de democracia, nação e república. O palestrante reportou-se à história das revoluções liberais e disse que a globalização exige que se supere a ideia moderna de nação. Propôs então que, na modernidade tardia, a nação substitua a centralização do território pela ênfase na cultura de solidariedade, no emprego da tecnologia para melhorar a vida das pessoas e em um regime jurídico baseado na concepção de cooperação. Ao citar o exemplo do sul-africano Nelson Mandela, o governador se emocionou, no momento mais aplaudido pelo público, que lotou as dependências do Salão de Atos. Em resposta às perguntas do auditório, Tarso falou sobre descriminalização do uso de drogas. Sobre questões acadêmicas, garantiu que haverá uma mudança na política estadual com relação à FAPERGS – Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Rio Grande do Sul, um dos principais mecanismos que os estados brasileiros dispõem para investimento de recursos em pesquisa e desenvolvimento. Também esteve presente à Aula Magna da UFRGS o presidente da Assembleia Legislativa, Adão Villaverde, e vários outros deputados e secretários do Governo do Estado.

FONTE: UFRGS

Instituto de Artes promove recital com pianista americana

Padrão

Hoje, dia 1º de abril, o Instituto de Artes realiza um recital com a pianista norte-americana Oni Buchanan. O concerto inicia às 20h, no Auditorium Tasso Corrêa do IA (Senhor dos Passos, 248 – Centro), com entrada franca. O público terá a oportunidade de conhecer peças do século XXI escritas por mulheres como Missy Mazzoli, Mei-Fang Lin, Annie Gosfield, Joan Tower e Cindy Cox. No sábado, dia 2, ocorre uma masterclass, voltada a pessoas com nível avançado de piano. Interessados devem se inscrever até sexta, no Programa de Extensão do Departamento de Música, na sala 62 do IA. Mais informações pelo telefone 3308.4325 ou pelo e-mail masterclasses@ufrgs.br

Adaptado de: UFRGS

5ª Reunião Técnica Estadual sobre Plantas Bioativas

Padrão

O estudo destas plantas têm despertado um grande interesse nos últimos anos, em função, principalmente, de seu aproveitamento na Agroecologia e, de uma forma mais recente, pela criação da Política Nacional da Plantas Medicinais e Fitoterápicos e a Política Nacional de Práticas Integrativas e Complementares do SUS.

Esse ano, a 5ª Reunião Técnica estadual sobre Plantas Bioativas será realizada em Nova Petrópolis, nos dias 18 e 19 de novembro. Os realizadores do evento são Prefeitura Municipal de Nova Petrópolis, a EMATER/RS, Embrapa Clima Temperado, a Prefeitura Municipal de Gramado e a Secretaria da Agricultura, Pecuária, Pesca e Agronegócio do Estado do RS – SEAPPA/RS. “

Local: Centro de Eventos de Nova Petrópolis-RS
Endereço: Av. Padre Theobald, 1700 Centro.
Inscrições: http://www.cpact.embrapa.br/eventos/2010/plantas_bioativas/inscricao.php
Mais infos: http://www.cpact.embrapa.br/eventos/2010/plantas_bioativas/