PACote: poesia, arte, cultura e etc #5

Padrão

O festival El Mapa de Todos – Música, Integração & Cultura Digital já tem data e local para acontecer: 12, 13 e 14 de abril, em Porto Alegre, no Opinião. Um festival que promete trazer a diversidade cultural maravilhosa que a América do Sul tem!

O evento reunirá artistas de diversos países e contará com um seminário sobre temas como circulação regional, capacitação profissional para a integração, a questão da língua e mídias digitais. El Mapa de Todos é um projeto voltado para a integração iberoamericana nos segmentos de música e cultura digital.

“A América do Sul, em especial, vive novos tempos de integração, depois de décadas de divisão e isolamento cultural, do que é exemplo o Mercosul, que favorece novas ações em todos os campos da vida na região”, destaca Fernando Rosa, da produtora Senhor F, do Brasil. “É nesse ambiente que o Festival El Mapa de Todos se insere, buscando contribuir para o processo no campo da cultura, particularmente a música, e da cultura digital”, afirma Sylvie Piccolotto da produtora Scatter Records, da Argentina.

Esta edição contará com bandas como Gepe (Chile), Frank Jorge & Banda (Brasil), Los Mentas (Venezuela) e Wander Wildner (Brasil). O evento contribuiu para ampliar o contato entre as culturas independentes dos diversos países que, no Brasil, conta com o estímulo do Ministério da Cultura e da ABRAFIN (Associação Brasileira de Festivais Independentes). Com seu objetivo de superar as fronteiras culturais e musicais, o festival El Mapa de Todos também constitui-se uma vitrine para divulgação de artistas dos países da região.

O festival é uma iniciativa das produtoras Senhor F, do Brasil, e Scatter Records, da Argentina, com patrocínio da Petrobras e apoio da Força Sindical – RS. O festival também conta com apoio da Secretaria Estadual de Cultura do Estado do Rio Grande do Sul e do Ministério da Cultura do Brasil. Fernando Rosa, Sylvie Piccolotto e Pablo Hierro respondem pela curadoria e coordenação geral e a produção executiva é de Brisa Daitx. O festival também conta com apoio do Ministério da Cultura do Brasil, por meio da Lei Rouanet.

FESTIVAL EL MAPA DE TODOS
Onde:   Opinião (R. José do Patrocínio, 834)
Quando: 12 a 14 de abril, terça a quinta-feira, a partir das 20h30
12/04:
– Reino Elétron (Brasil/RS – Pampastock)
– Arthur de Faria e seu Conjunto (Brasil)
– Gepe (Chile)
– Xoel Lopes & Pablo Dacal & Franny Glass (Espanha – Argentina – Uruguai)
– Frank Jorge & Banda (Brasil)
13/04:
– Sociedade Bico de Luz (Brasil)
– Contra Las Cuerdas (Uruguay)
– Do Amor (Brasil)
– Los Mentas ( Venezuela)
– Wander Wildner (Brasil)
14/04:
– Watson (Brasil)
– Superguidis (Brasil)
– Los Negretes (Mexico)
– El Mato a Un Policia Motorizado (Argentina)
– Macaco Bong (Brasil)
Ingressos:
Por dia: R$10
Passaporte para os três dias: R$25
Pontos de Venda:
Lojas Trópico: Shoppings Iguatemi, Praia de Belas, Moinhos, Total, BarraShopping Sul, Bourbon Ipiranga, Canoas Shopping e Bourbon São Leopoldo.
Informações:
http://www.opiniao.com.br
(51) 8401-0104

IMPERDÍVEL!
Morena

Fonte: Porto Cultura e ElMapadeTodos.com.br

Anúncios

Dia Mundial da Saúde 2011

Padrão

Hoje, dia sete de abril, é comemorado o Dia Mundial da Saúde. A organização Mundial da Saúde (OMS) usa este dia para celebrar sua fundação e alertar sobre os principais problemas de saúde que podem atingir uma população. Esta iniciativa visa conscientizar as pessoas, sejam profissionais de saúde ou não, para que haja um encorajamento para a promoção de ações que estejam ligadas com a melhoria da qualidade de vida e bem-estar de todos.

A fim de fazer um trabalho preventivo e garantir a saúde das pessoas, informações sobre higiene, doenças, lixões, saneamento básico e até sobre campanhas de vacinação, precisam chegar à população.

A cada ano a OMS elege um tema para celebrar este dia. Neste ano será abordada a questão da resistência aos antimicrobianos. Hoje, devido à descoberta de medicamentos antimicrobianos potentes e eficazes para o tratamento de doenças infecciosas, a maioria de nós vive mais e com menos doenças. No entanto, estamos a ponto de perder este arsenal terapêutico precioso. O uso e o abuso dos antimicrobianos na medicina humana e animal, durante os últimos 70 anos, aumentou o número e os tipos de microrganismos resistentes a estes medicamentos, causando mortes, sofrimento e incapacidades, além do aumento do custo da atenção sanitária. Se não combatermos este fenômeno, muitas doenças infecciosas podem se tornar incontroláveis e os avanços realizados na área de saúde podem se perder.

Agora, será que você saberia responder o que é saúde? E mais, o que é doença? Segundo a OMS, ter saúde é garantir a condição de bem estar das pessoas, envolvendo os aspectos físicos, mentais e sociais das mesmas, em harmonia. No entanto, vivemos um período da história onde o risco e o receio de uma falência orgânica, de um contágio e de uma contaminação são uma constante. Sempre que nos referimos ao corpo, os discursos estão constantemente voltados para os perigos, ou seja, os testemunhos sobre doenças acabam tendo prioridade em relação aos sobre saúde. Portanto, conotar saúde como condição de estado de não-doença ou de ausência de doença, tem sido uma constante, o que revela a dificuldade que os próprios sujeitos encontram para a expressão do seu corpo sentido/pensado.

E você, o que tem feito para promover a sua saúde e a da comunidade? Como futuro profissional de saúde, você deve ter o compromisso com essa questão. E como farmacêutico, deve assumir a responsabilidade na promoção do uso racional de medicamentos.

 


Referências:
  1. Folder informativo OMS/OPAS/ANVISA. Disponível em http://www.who.int/world-health-day/2011. Acessado em 06/03/2011.
  2. CHAMÉ, S.J. Intervenção sanitária na saúde e doença: O avanço das discussões in CANESQUI, A.M. Ciências sociais e saúde para o ensino médico, São Paulo: Hucitec/Fapesp, 2000.

Nouvelle Vague no CineBancários

Padrão

Desde o dia 1º de Abril, está em cartaz no Cinema do Sindicato dos Bancários de Porto Alegre e Região a mostra 1959 – O Ano Mágico do Cinema Francês. No ciclo, estão sendo apresentados filmes franceses da década de 50 de grandes nomes do movimento Nouvelle Vague, como GodardFrançois Truffaut. O longa “Os Incompreendidos”, de Truffaut, é considerado o filme que apresentou a Nouvelle Vague ao mundo. Os filmes, que transgrediram completamente as regras do cinema comercial da época, são marcados pela juventude de seus autores. Está sendo apresentado também um título do diretor Robert Bresson que, apesar de não fazer parte do movimento da “nova onda”, o influenciou. A sala se encontra no prédio do Sindicato, Rua General Câmara – 424, e as sessões têm entrada franca. Mais informações podem ser encontradas no blog do CineBancários ou pelo telefone (51) 3433.1204.

Retirado de: alunoufrgs.blogspot.com

Tarso Genro ministra Aula Magna

Padrão

Na manhã desta quarta-feira, dia 6, o governador Tarso Genro abriu o calendário acadêmico da UFRGS com a Aula Magna “A Universidade e o Futuro da República”. Ao iniciar o ato, o reitor Carlos Alexandre Netto destacou que, embora desafiante, o tema da aula seria facilmente desenvolvido pelo atual governador do Rio Grande do Sul, já que ele se trata de um vigoroso intelectual. “A universidade é uma prioridade social. Ao formar cidadãos qualificados, ela contribui para uma sociedade mais justa”, disse o reitor, ao passar a palavra ao palestrante. Advogado especialista em causas trabalhistas, Tarso Genro centrou sua fala nos conceitos de democracia, nação e república. O palestrante reportou-se à história das revoluções liberais e disse que a globalização exige que se supere a ideia moderna de nação. Propôs então que, na modernidade tardia, a nação substitua a centralização do território pela ênfase na cultura de solidariedade, no emprego da tecnologia para melhorar a vida das pessoas e em um regime jurídico baseado na concepção de cooperação. Ao citar o exemplo do sul-africano Nelson Mandela, o governador se emocionou, no momento mais aplaudido pelo público, que lotou as dependências do Salão de Atos. Em resposta às perguntas do auditório, Tarso falou sobre descriminalização do uso de drogas. Sobre questões acadêmicas, garantiu que haverá uma mudança na política estadual com relação à FAPERGS – Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Rio Grande do Sul, um dos principais mecanismos que os estados brasileiros dispõem para investimento de recursos em pesquisa e desenvolvimento. Também esteve presente à Aula Magna da UFRGS o presidente da Assembleia Legislativa, Adão Villaverde, e vários outros deputados e secretários do Governo do Estado.

FONTE: UFRGS

Vigilância conclui investigação sobre botulismo em SC

Padrão

O Ministério da Saúde liberou uma nota técnica confirmando sete casos de botulismo no estado de Santa Catarina. Os casos estão associados ao consumo de mortadela com toucinho da marca Pena Branca contaminados pela bactéria Clostridium botulinum. Segue, abaixo, a nota oficial:


MINISTÉRIO DA SAÚDE
SECRETARIA DE VIGILÂNCIA EM SAÚDE
Esplanada dos Ministérios, Edifício Sede, 1º andar
70.058-900 Brasília-DF Tel. 3315 2755/2812

Nota Técnica Conjunta nº 001/2011
SECRETARIA DE VIGILÂNCIA EM SAÚDE E AGÊNCIA NACIONAL DE VIGILÂNCIA SANITÁRIA

Assunto: Surto de Botulismo em Santa Catarina

Foi confirmado um surto de botulismo ocorrido em Santa Catarina, na primeira quinzena de março de 2011, envolvendo sete pessoas, uma das quais faleceu. Ao serem notificadas da suspeita de casos, imediatamente, as equipes de vigilância epidemiológica e sanitária das Secretarias de Estado da Saúde de Santa Catarina e Rio Grande do Sul realizaram investigação e interditaram, cautelarmente, o alimento suspeito disponível no comércio (mortadela com toucinho da marca Pena Branca, fabricada em 17 de fevereiro de 2011, com validade até 18 de abril de 2011). O evento foi amplamente noticiado à população local.

A inspeção e a fiscalização das indústrias que fabricam produtos de origem animal são de competência do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento – MAPA –, que realizou inspeção tecnológica e higiênico-sanitária na empresa Penasul Alimentos Ltda. A empresa recolheu o produto dos pontos de venda, que estavam restritos aos Estados de Santa Catarina e Rio Grande do Sul.

O Ministério da Saúde, por meio da Secretaria de Vigilância em Saúde e da Agência Nacional de Vigilância Sanitária comunicou as vigilâncias epidemiológicas e sanitárias das secretarias estaduais de saúde do país para que ficassem atentas diante de qualquer outro caso suspeito.

Após as medidas de interdição e recolhimento do produto, nenhum novo caso suspeito de botulismo por esse alimento foi identificado.

É importante salientar que esse tipo de produto deve ser acondicionado de acordo com as orientações constantes no rótulo, bem como manipulado e consumido dentro de condições higiênico-sanitárias adequadas, caso contrário pode haver risco à saúde humana.

Diante do exposto, pelo principio da precaução, recomenda-se que as pessoas que ainda tenham mortadela com toucinho da marca Pena Branca em estoque residencial ou comercial, fabricada em 17 de fevereiro de 2011, descartem o produto por ser impróprio para consumo humano.

Brasília, 04 de Abril de 2011.


FONTE: ANVISA

SINDIFARS convoca Assembléias Gerais Extraordinárias

Padrão

O Sindicato dos Farmacêuticos do Estado do Rio Grande do Sul – SINDIFARS – publicou ontem em seu site oficial um edital de convocação para Assembléias Gerais Extraordinárias:

“O SINDIFARS vem, através do presente edital, de acordo com as disposições estatutárias e legais atinentes, por sua presidente, convocar os farmacêuticos de todo o Estado do Rio grande do Sul,

para participarem das assembléias gerais extraordinárias, a serem realizadas nas seguintes cidades, datas e horários.

ORDEM DO DIA:

a) interesse dos farmacêuticos em revisar e/ou fixar normas coletivas de trabalho a partir de 1º de agosto do corrente ano, através de acordos e/ou convenções coletivas de trabalho;

b) definição e aprovação da pauta de reivindicações;

c) deliberação acerca de contribuição assistencial em favor da entidade;

d) concessão de poderes à diretoria da entidade para realizar as tratativas negociais e firmar, através de sua Presidente, acordos e/ou convenções coletivas de trabalho;

e) caso sejam frustradas, no todo ou em parte, as tratativas negociais, concessão de poderes para ajuizamento de dissídios coletivos – revisionais ou originários, perante o Tribunal Regional do Trabalho, com vistas ao deferimento do pedido da categoria;

f) Assuntos gerais.”

 

Adaptado de: SINDIFARS